sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

CATEQUESE

Celebração do Natal em Família


Para a Celebração vamos precisar de:
- Um presépio
- Uma vela de Natal, bem bonita.
- Um retrato de cada pessoa ou família
- Reproduzir este roteiro para que todos possam acompanhar.
- Um coração cheio de amor.

ACOLHIDA 

Anfitrião (ã) - Estamos reunidos em nome de Deus que é Pai, e Filho e Espírito Santo, em nome de Deus que, na Trindade, se revela família. Amém!
Todos: Somos da família de Deus, seus filhos e filhas amados, reunidos na alegria, em torno da mesa, farta ou simples, da troca de presentes, de afetos, de saudades... 

Leitor - Mas o Natal pode e deve ser ainda mais. Nele celebramos a Vida que nasce com Jesus. No Natal, Ele se faz um de nós.

Leitora - É tempo, portanto, de rever essa vida divina que nasce em nós, todos os dias, pensar em como a vivemos e, em especial, como con-vivemos, confirmar o caminho, melhorar o jeito de caminhar. 

Leitor - Natal é tempo de, pelo perdão, reatar laços; pela esperança, reabrir horizontes; pela fé, celebrar a alegria; pelo amor, semear no coração os sentimentos que queremos fazer brotar ao longo do ano e da vida: solidariedade, generosidade, carinho, atenção, ternura, sensibilidade para com o outro. 

Todos - Por tudo isso, celebramosem família. Afinal, no Natal podemos dizer, mais que em qualquer outro tempo e lugar: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS!

Murillo - Nascimento de Jesus.

Diante do Presépio 

Descobrindo Deus que nasce em todas as coisas
E todas as coisas renascendo em Deus...

1- Os donos da casa onde será celebrada a Ceia de Natal deverão preparar o Presépio num lugar de destaque.

2- Junto ao Presépio, uma vela bem bonita, que os donos da casa acenderão rezando, com todos, a seguinte prece:

Que a Luz de Deus, que veio a nós por Jesus, brilhe em nosso coração, em nossa família e ilumine o mundo”.

3- Em seguida, cada família ou pessoa colocará sua foto no presépio, lembrando e sinalizando que somos todos, ao lado de Maria e José, da família de Jesus.

Rito da Palavra: 
Anúncio do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas - Lc 2,1-14

Leitor 1- “Naqueles dias, o Imperador Augusto publicou um decreto, ordenando o recenseamento em todo o Império. Todos deveriam ir registrar-se em sua terra natal. José, que era da família e descendência de Davi, subiu da cidade de Nazaré, onde morava, até Belém, a cidade de Davi, para registrar-se com Maria, sua esposa, que estava grávida. Enquanto estavam em Belém, se completaram os dias para o parto e Maria deu à luz o seu filho primogênito. Ela o enfaixou e o colocou numa manjedoura, pois não havia lugar para eles dentro da casa. 

Leitor 2: Naquela região havia pastores que passavam a noite nos campos, cuidando dos rebanhos. Um anjo do Senhor apareceu a eles e a glória do Senhor os envolveu em luz e eles ficaram com muito medo. Mas o anjo disse aos pastores; 

Leitor 3 (jovem ou criança): Não tenham medo! Eu anuncio a vocês uma Boa Notícia que será uma grande alegria para todos; hoje, na cidade de Davi, nasceu para vocês um Salvador, que é o Messias, o nosso Senhor. Procurem por Ele. Vocês o reconhecerão quando encontrarem um recém nascido, envolto em panos simples e deitado numa manjedoura. 

Leitor 1: De repente, juntou-se ao anjo uma grande multidão de anjos. Cantavam louvores a Deus dizendo: 

Todos: Glória a Deus no mais alto dos céus, e paz na terra aos homens e mulheres por Ele amados!”

Leitor 1- Essas são para nós, ontem, hoje e sempre, PALAVRAS DA SALVAÇÃO.

Todos: Glória a vós, Senhor!

Partilha da Palavra 

Aqui, fica aberto um breve tempo para os que se sentirem motivados comentarem sobre os SENTIMENTOS presentes em seu coração. Não é uma interpretação intelectual do texto, mas uma partilha de vida a partir da pergunta: “O que Deus está dizendo ao meu coração nesta noite de Natal?

Que SENTIMENTOS estão presentes no meu coração?”

Após a partilha.

Canto: Noite Feliz (ou outro canto, à escolha do grupo)        

Oração para antes da Ceia:

Todos - “Senhor, nosso Deus; desde aquela Noite Santa, quando o Céu se encontrou com a Terra, a História humana tornou-se o Lugar do Sagrado e a vossa presença acabou com a solidão de todos os Homens. Nossa mesa, hoje, é altar. Nosso coração é manjedoura, pronta para acolher vosso Filho no meio de nós e levá-lo ao mundo.

Nós vos pedimos que, renovados por este encontro, possamos também nós ser sinal da presença do Amor em nossa família e pelos caminhos que trilhamos no cotidiano.

Abençoa esses alimentos que são sinal de festa, alegria e fartura. Que essa fartura não nos deixe esquecer os necessitados do mundo. Assim, Senhor, dai Pão a quem tem fome e fome de Justiça a quem tem Pão. Amém! 

Anfitrião: - Na alegria do Natal, saudemo-nos uns aos outros, em Cristo, dizendo:

“Que a Paz do Menino Jesus esteja em seu coração!”  

Eduardo Machado
Educador e escritor

http://www.catequesehoje.org.br/outro-olhar/tempo-da-delicadeza/618-celebracao-do-natal-em-familia



Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Dezembro de 2017
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa – SP
Site da Paróquiahttp://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário