terça-feira, 1 de agosto de 2017

PALAVRA DO PÁROCO

“O Senhor que está à porta, batendo para entrar” (cf. Ap 3,20)

Queridos Paroquianos!

Mês de Agosto é chamado “Mês Vocacional” e “Mês Agostiniano”. Vocacional, pois lembramos e rezamos pelas vocações. Agostiniano, pois celebramos vários santos agostinianos dentre eles a própria solenidade de Santo Agostinho.
Neste mês de Agosto a CNBB acolhe a data do dia dos pais para propor uma reflexão sobre a vocação da família com o início da “Semana da Família”.

A família como tema fundamental no processo evangelizador. Evangelizar as famílias para evangelizar a sociedade por meio das famílias. Famílias evangelizadas e evangelizadoras. Esta é a finalidade e é também uma proposta pastoral evidente feita no Sínodo sobre a Família (2015). É com tal inspiração que o tema da “Semana da Família” deste ano de 2017 é: “Família, uma luz para a vida em sociedade”. Um tema para despertar a responsabilidade evangelizadora da família na sociedade atual.

Também neste mês começaremos a formação e as visitas às famílias de nossa comunidade como uma das maneiras mais eficazes de tornar a Igreja em estado permanente de missão. Sem descuidar da atenção aos mais próximos, a Igreja deve sair ao encontro dos que estão afastados. Muitos desses nossos irmãos esperam o chamado do Senhor através dos cristãos que, assumindo de forma missionária seu Batismo e Confirmação, vão ao encontro dos que se afastaram da comunidade, visitando-os em seus lares, nos locais de trabalho e outros ambientes. Quando a Igreja vai até as pessoas em nome de Jesus, muitas poderão voltar a ela e dela participar, porque se sentirão lembradas, acolhidas e amadas. É uma doação recíproca: é preparar os caminhos para que “o Senhor que está à porta, batendo para entrar” (cf. Ap 3,20), possa encontrar acolhida calorosa e permanente na vida daqueles que ele ama e lhe pertencem.

Não podemos reduzir essas visitas missionárias apenas a eventos ocasionais ou periódicos, para evitar que, quando terminam, finde também o ardor missionário e permaneça pouco daquilo que foi vivido durante a sua realização.

As visitas missionárias precisam ser permanentes e contínuas. Por isso, sugiro que as nossas visitas tenham os seguintes objetivos específicos: (1º) suscitem em todos nós a experiência profunda e gratificante de sermos discípulos missionários do Senhor Jesus e que se tornem uma escola de formação dos discípulos missionários: nelas se aprende, na prática, o que é ser discípulo missionário de Jesus; (2º) revitalizem as estruturas da nossa ação evangelizadora: que ajudem nossas comunidades a terem um novo ardor missionário, passando de uma pastoral de mera conservação para uma pastoral decididamente missionária (cf. Documento de Aparecida n. 365-372); (3º) sejam encaradas e vividas na dimensão do serviço: missão é serviço, é ofertar vida plena para todos.

Por fim, aproveitemos também as celebrações de nossos santos agostinianos neste ano da santidade para todos os Agostinianos Recoletos.  Celebremos com ardor e devoção santa Clara de Montefalco, a santa que tinha a cruz de Cristo no coração, santo Ezequiel Moreno, o santo da nova Evangelização e protetor dos que sofrem do mal do câncer. Celebremos o Tríduo em louvor a santo Agostinho com a festa dos santos: Liberato, Bonifácio e companheiros mártires e de Santa Mônica, a mãe de Santo Agostinho. Nosso sarau agostiniano será no dia 26 após a missa das 18h.  No dia 28 às 19h teremos a solenidade de santo Agostinho. Assim somos chamados à santidade: Consagrados pela profissão dos conselhos evangélicos, cada um de nós está chamado a viver a santidade na Igreja com fidelidade ao carisma recebido e a partir da coerência de vida, da disponibilidade para evangelizar e do serviço aos mais pobres. Que Nossa Senhora acompanhe a cada um de nós neste mês de agosto. Amém!


Frei Alcimar Fioresi, OAR


Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Agosto de 2017
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa – SP
Site da Paróquiahttp://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário