domingo, 1 de janeiro de 2017

A PALAVRA DO PÁROCO

2017: “Ano Jubilar Mariano” seja o reencontro com a fonte da vida nova.

“Esperar significa acreditar no amor, ter confiança nas pessoas, dar o salto no incerto e abandonar-se a Deus totalmente” (Santo Agostinho).

Queridos irmãos e irmãs paroquianos! Estamos começando um novo ano com muita esperança de novos tempos e que neste novo ano que se inicia possamos caminhar mais e mais juntos, em busca de um mundo melhor, cheio de paz, saúde, compreensão e muito amor.

O Papa Francisco divulgou a mensagem para o 50° Dia Mundial da Paz que se celebrará no próximo dia 1º de janeiro de 2017: “A não violência: estilo de uma política para a Paz”. Assim, a não violência pode assumir um significado mais amplo e novo: não apenas aspiração, inspiração, rejeição moral à violência, às barreiras, aos impulsos destruidores, mas também método político realista, aberto à esperança. Com esta mensagem, o Papa Francisco deseja indicar um passo ulterior, um caminho de esperança apropriado às circunstâncias históricas presentes: chegar à solução das controvérsias por meio de negociações, evitando que elas se degenerem em conflito armado.

Como é do conhecimento de todos, desde o mês de outubro passado, estamos celebrando o “Ano Jubilar Mariano” aqui no Brasil, em comemoração aos 300 anos do achado da imagem de Nossa Senhora Aparecida. A Solenidade da Mãe de Deus, que celebramos no 1º dia do Ano Novo, é ocasião propícia para considerar a presença mariana na vida do povo.

Muito oportuna também foi a reflexão do cardeal Sérgio da Rocha, atual Presidente da CNBB, no início do Ano Jubilar Mariano: “É um ano para celebrar, para comemorar, para louvar a Deus, mas também para reaprender com Nossa Senhora como seguir Jesus Cristo, como ser cristão hoje”. Esta necessidade de reaprender sempre, a cada tempo, como viver o discipulado de Jesus, encontramos na primeira discípula de Jesus, a Virgem Maria, um modelo vivo e sempre inspirador.

Aprender com Maria é meditar, é guardar no coração, próprio de quem permite que as palavras do Evangelho fiquem falando na mente e na vida, favorecendo assim o crescimento no discipulado de Jesus Cristo. Assim como o distante 1717 trouxe a abundância de uma fonte de alimentação para os pescadores que encontraram a imagem, da mesma forma, o reencontro com a imagem de Nossa Senhora, neste “Ano Jubilar Mariano”, seja o reencontro com a fonte da vida nova para todo o povo brasileiro, de onde brote a paz, a solidariedade e com a honestidade de todos.

Em nossa paróquia, neste mês de janeiro não teremos muitas atividades já que muitos estão tirando suas merecidas férias, mas nosso trabalho pastoral não cessa. Por isso teremos no dia 17 de janeiro a reunião do CPP para começarmos a preparar a solenidade de Nossa Senhora de Lourdes.

Desejo neste início de ano a paz de Deus. Que possamos encontrar o sentido de nossa vida, trilhar com muita fé acreditando neste novo ano e transpondo obstáculos. Que tenhamos coragem para assumir e enfrentar as dificuldades, perseverança para jamais desistir e desanimar dos nossos sonhos e que a esperança possa trazer novos horizontes. Que as mãos de Deus guiem nossa caminhada neste 2017. Um início de ano muito abençoado a todos!


Frei Alcimar Fioresi, OAR


Jornal Online “A Voz de Lourdes” – Janeiro de 2017
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa – SP
Site da Paróquiahttp://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário