segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

MENSAGEM DO DÍZIMO

Caríssimos,

Grande parte dos dizimistas, tanto os antigos como os mais recentes, no exercício de sua fidelidade dizimal, acabam por transformá-la em um compromisso entre os demais de sua rotina de vida e paulatinamente vão deixando de refletir com maior intensidade sobre o significado de sua condição de dizimistas na comunidade.

Mas o fim do ano se aproxima e em atitude de avaliação da nossa caminhada de fé talvez valha a pena refletir um pouco sobre isso e, claro, sobre outros aspectos de nossa pertença à Igreja, Corpo de Cristo, povo de Deus e com Deus – a caminho.

Quantas situações acontecidas neste ano que cada um pode rememorar – algumas muito alegres e dignas de celebração, outras tristes que só nos fazem lamentar. Existem, também e até em maior número, as situações que preencheram nossa rotina apressada e das quais já nem conseguimos nos lembrar. Esquecemos a maioria das coisas que acontecem em nosso dia a dia e muito poucos se lembram até mesmo do que aconteceu no dia de ontem.

O risco do esquecimento é uma das causas que exigem de nós a celebração da vida, para que não nos esqueçamos daquilo que é essencial.

Por isso celebramos os aniversários e, dentre eles, o aniversário mais especial que é o Natal, festa do nascimento do menino Jesus, prenúncio e início do mistério pascal de Cristo que se consuma na sua paixão, morte e ressurreição – e que, como memorial vivo de nossa libertação, nós celebramos na Eucaristia em contínua atualização do Mistério de Cristo.

O dízimo deve ser visto nessa dimensão celebrativa, afinal, ele é o fruto do nosso trabalho, dom que recebemos de Deus e que a Deus restituímos com espírito de ação de graças, tanto por tudo que Deus nos oferece gratuitamente, quanto pelo privilégio de poder partilhar entre irmãos.

O dízimo é um acontecimento que gera vida e dinamismo à nossa comunidade e que traz a ela a possibilidade de proclamar a Boa Nova de Deus a todas as pessoas de boa vontade.

A equipe da pastoral do dízimo e o Pároco Frei Egisto expressa a todos os paroquianos os votos de um Santo Natal e um feliz e abençoado Ano Novo!


Jornal Online “A Voz de Lourdes” - Dezembro 2013
Compilação e Edição: Sérgio Bonadiman - Revisão e Publicação: Dermeval Neves
Responsabilidade: PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Vila Hamburguesa - SP
Site da Paróquia: http://www.pnslourdes.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário